Melhoria de Processos

Como Evitar Preocupações e Começar a Viver

Por

Junho 23, 2016
0
Comentários

"Poderíamos provavelmente banir 90% de nossas preocupações agora se parássemos de nos preocupar por tempo suficiente para descobrir se, pela lei das probabilidades, há alguma justificativa para a nossa preocupação." - Dale Carnegie

Quem é ansioso aí? Quase 95% das pessoas não completam seus propósitos traçados para o ano. Para a maioria, o que impede é a falta do primeiro passo, pois é muito mais fácil dar continuidade em um projeto depois de já iniciado. Para outros, no entanto, as preocupações e ansiedades são os verdadeiros vilões e o que os impedem de darem início nas empreitadas e realizarem seus objetivos.Talvez as mudanças, então, devam acontecer primeiramente pelas atitudes internas, aliviando a tensão do estresse de maneira no qual sentirão mais confiantes e entusiasmados, para somente depois estarem preparados e comprometidos para o pontapé inicial.

Portanto, antes de traçar suas metas, porque não tentar seguir os princípios abaixo e acabar com o hábito de se preocupar antes que ele impossibilite a sua glória?

1. Faça as outras pessoas felizes.
Esse princípio apela para os nossos motivos mais nobres. É difícil sustentar uma
atitude negativa quando estamos fazendo algo bom ou útil para a outra pessoa.​

2.
Entusiasme-se com o trabalho.
O entusiasmo é a energia positiva e o esforço que nos leva em direção aos nossos objetivos. Decidir olhar os acontecimentos de uma forma positiva pode
ser crucial para que trabalhemos com prazer.​

3.
Viva em compartimentos diários hermeticamente fechados.
Um profissional comprometido se dedica a cada interação com o cliente. Não
deixe que derrotas ou vitórias passadas ou antecipadas influenciem o seu
desempenho atual.​​

4. Decida o quanto de ansiedade algo merece e se recuse a dar mais do que isso.
Essa decisão é nossa e ajuda a “limpar” a nossa mente, além de nos ajudar a
encontrar formas de melhorar a situação ou esquecer e seguir em frente.

5. 
Coopere com o inevitável.
Quando a situação com a qual nos preocupamos é inevitável e irá acontecer,
utilize esse princípio para controlar a emoção.Ao cooperar com o resultado,
fazemos uma escolha consciente.​

6. Espere a ingratidão.
No nosso trabalho, ajudamos as pessoas de diversas maneiras. Quando fazemos
isso, esperamos um sinal de gratidão pelo ajuda dada. Muitas vezes isso não
acontece. Quando recebemos um agradecimento, devemos achar que temos
sorte por trabalhar com alguém tão gentil.A ingratidão não pode nos atrapalhar.

7. 
Não se aflija com ninharias.
Uma “ninharia” é algo insignificante comparado com outros aspectos da vida.
Quando focamos em ninharias, perdemos a perspectiva. Mantenha o que é
importante em mente e esqueça o resto.​

8. Faça o melhor que puder.
Pode ser difícil lidar com as críticas, especialmente se as considerarmos injustas.
Uma forma de colocar a crítica em uma perspectiva é ver se estamos fazendo o
melhor que podemos. Se a resposta for um “sim” honesto, a crítica não será
levada para o lado pessoal. Se há espaço para melhora, estamos nos
responsabilizando pela nossa performance.

 

"Todos pensam em mudar o mundo, mas ninguém pensa em mudar a si mesmos." – Leo Tolstoy

 

Rua Alvarenga Peixoto, 1408, sala 901 - Sto Agostinho
Belo Horizonte, MG - 30180-121
P. + 55 31 2510-9099
 

Siga-nos online
 

 
© 2018 Dale Carnegie & Associates, Inc..
Todos os Direitos Reservados
 
.
projeto de site e desenvolvimento por Americaneagle.com